18 de fevereiro de 2011

USE-SE! Declare, Diariamente, Seu AMOR a Si Mesmo.

Use-se para progredir na vida. Alguma coisa você já deve ter aprendido até aqui. Encoste-se na sua própria experiência e intuição, honre sua história de vida, seu talento inquestionável, o que voce representa para algumas pessoas...
Use sua simpatia: convença os outros. Use seus neurônios: pra todo o resto. E este coração acomodado aí no peito? Use-o, ora bolas. Não fique protegendo-se de frustrações só porque 2 ou 3 babacas fizeram voce desgastar sua preciosa massa cinzenta com algumas horas, ou ate mesmo dias na companhia deles, ou porque seu casamento até-que-a-morte-os-separe durou "apenas" 07 anos. Não enviuve de si mesmo, ninguém morreu. Use-se para conseguir uma passagem para a Patagônia, use-se para fazer amigos, use-se para evoluir. Use seus olhos para ler, chorar, reter cenas vistas e vividas – a memória e a emoção vêm muito do olho. Use os ouvidos para escutar boa música, estímulos e o silêncio mais completo. Use as pernas para pedalar, escalar, levantar da cama, ir aonde quiser. Seus dedos para pedir carona, escrever poemas, apontar distâncias. Sua boca pra sorrir MUITO,porque afinal, voce sabe ( e todos tambem) que seu sorriso eh unico. Use seus braços para trabalhar, sua alma para preencher-se, seu cérebro para não morrer em vida. Use-se. Se você não fizer, algum engraçadinho o fará. E você virará assunto na boca de mediocres!

USE-SE! Declare, diariamente, seu amor a si mesmo.






Um comentário:

  1. Que bom que você gostou do meu poema Mude!

    Porém, ao contrário do que você diz, não é de Clarice Lispector.

    Assim como você, muita gente supõe erradamente que esse poema é de Clarice.

    Mas não é.

    No meu blog publico todas as "provas" de que sou o autor:
    1. Registro do poema Mude na Biblioteca Nacional em agosto de 2003.
    2. Livro Mude, editado pela Pandabooks, com prefácio de Antonio Abujamra.
    3. CD Filtro Solar, Pedro Bial, onde na faixa 4 o Mude foi publicado (contrato que fiz com a Sony Music)
    4. Veja o vídeo Mude, completo, que foi comercial da Fiat:
    http://www.youtube.com/watch?v=NTZ7AGvT44Y

    Enfim, o que o escritor mais gosta é disso mesmo: ver sua obra reconhecida -- ainda que com autoria "transferida" para Clarice Lispector...

    Espero que, mesmo agora sabendo que não é de Clarice, você mantenha o texto em seu blog. E,
    se puder, corrija a autoria.

    Mude,
    Mas comece devagar,
    Porque a direção é mais importante que a velocidade.

    Veja o poema na íntegra em www.Mude.blogspot.com

    Abraços!

    ResponderExcluir

Girando e comentando